Mudanças no ENEM 2017

Em 9 de março de 2017 foram anunciadas as mudanças do ENEM pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, e pela presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Maria Inês Fini. Dentre as novidades, algumas vieram da consulta pública realizada com mais de 600 mil participantes no início do ano.

A primeira mudança significativa é que o exame será realizado em dois domingos seguidos, com previsão para 5 e 12 de novembro. Escolha feita por mais de 42% dos que participaram da consulta pública.

Além disso, 63% optaram para manter a prova em dois dias, em detrimento da outra opção de diminuir a prova para 100 questões e mantê-la apenas em um dia. E 70% rejeitaram o formato da prova virtual.

As outras novidades são referentes à:

Certificação: O exame não servirá mais para certificar o Ensino Médio.

Prova: Além das cores já conhecidas que diferenciam os cadernos, a partir deste ano eles terão identificação personalizada com o nome e número de inscrição na capa e no cartão de resposta.

Inscrições: De 8 a 19 de Maio. Edital será publicado em 10 de abril.

Isenção: O benefício será ampliado para os estudantes cadastrados no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Se um estudante com isenção perder a prova, terá que comprovar a ausência por meio de atestado e documento oficial para utilizar o benefício no ano seguinte.

Resultado por escola: não será mais divulgada a média dos estudantes por escola. Segundo a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Maria Inês Fini, o ENEM não tem o objetivo de avaliar escolas e nem servir de base para comparação de qualidade das mesmas. O resultado individual será publicado em 19 de janeiro de 2018.

Fonte: guiadoestudante.abril.com.br/enem/entenda-todas-as-mudancas-do-enem-2017/

Print Friendly